segunda-feira, 14 de maio de 2018

'Não existe crime perfeito', diz mãe de Marielle Franco !



Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo
14 Maio 2018 | 12h03
RIO - No dia em que o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes, completou dois meses, os pais dela, Marinete e Francisco Silva, participaram de um ato em frente à Secretaria de Segurança Pública do Rio cobrando uma resposta do Estado para o caso. A manifestação foi realizada na manhã desta segunda-feira, 14, pela Anistia Internacional. A organização lembrou que os crimes que vitimam defensores de direitos humanos no Brasil tradicionalmente caem no esquecimento e que os culpados ficam impunes. 
"Não existe crime perfeito", disse Marinete. "O que ela fez de tão grave para ter uma morte assim? Qual ameaça fazia à sociedade? Que tipo de democracia é essa? Quatro tiros na cabeça é muito ódio. Ela nunca fez mal algum. Não dá para entender como alguém teria uma motivação iminente. É uma dor muito grande. A gente não se conforma e não vai ser calar. Não dá para parar agora. Não faz sentido, depois de tudo o que a Marielle fez. Não por ter sido com uma parlamentar, mas pela maneira que arquitetaram. Tem um mentor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário